logotipos-de-marcas
Publicado em / por Inês Escalinha / em Design, Design de Comunicação

Logotipos de marcas – 5 características para criar os melhores

O logotipo de uma empresa é, geralmente,  o primeiro ponto de contacto para a maioria dos potenciais consumidores, uma vez que é uma parte central da marca da empresa.

Ao criar um logótipo, é importante ter a certeza de que representa realmente a sua marca e o liga aos consumidores. Há uma série de aspetos que entram na conceção do logótipo, e podem mudar dependendo das suas necessidades e da indústria em que opera.

Os melhores logótipos destacam-se da multidão, e mesmo que nem sempre seja possível criar algo único, ainda assim pode certificar-se de que o seu logótipo é memorável. Ao desenvolver um logótipo, é necessário assegurar que este reflete a sua marca e a direção que pretende que ela siga.

As seguintes dicas irão ajudá-lo a desenvolver um logótipo de sucesso:

1. Simplicidade

O desenho do logotipo nem sempre é um processo simples, e nem sempre é uma questão de apenas seguir um conjunto de regras. Desenhar logotipos para marcas trata-se mais de compreender o que o seu público quer de si, e depois encontrar uma solução que melhor represente a sua marca.

As marcas mais bem-sucedidas compreendem que a simplicidade é uma parte importante do seu processo de design, e que não devem ficar penduradas nos detalhes. Desde que a mensagem global seja transmitida, então o seu logótipo deve ser relativamente simples.

A simplicidade no desenho de logótipos pode ser alcançada através da utilização de uma abordagem abstrata ou conceptual, que o pode ajudar a fazer desenhos mais originais. Isto porque tem menos restrições no seu trabalho, pelo que pode usar mais liberdade de expressão e brincar com novas ideias.

Se se sentir mais confiante, esta é também uma boa forma de experimentar diferentes estilos de design. Outra coisa que pode contribuir para a simplicidade é a utilização das ferramentas certas para o trabalho.

As marcas que usam apenas a tipografia formam um logotipo simples, concentrando-se na comunicação direta da personalidade da marca com fontes e cores, e não utilizando imagens. O aspeto mais importante é utilizar o menor número possível de elementos para comunicar a identidade da sua marca.

2. Relevância

Para tornar o seu logótipo relevante tem de ter em atenção 3 aspetos diferenciadores:

A cor: Um bom esquema de cores pode ajudar uma empresa a destacar-se de outras marcas. As empresas que têm um esquema de cor sólido receberão sempre mais atenção do que aquelas que não são tão consistentes. A personalidade da sua marca pode ser mostrada aos consumidores através do uso de cor no seu logótipo, o que pode evocar emoções diferentes.

Tipo de Letra: A fonte utilizada no logótipo é outra componente importante da identidade da marca. Ajuda a comunicar a personalidade da marca e os valores que esta representa. Uma fonte ousada e angular é ideal para uma empresa que trabalha com tecnologia, enquanto fontes cursivas mais suaves são ideais para empresas que trabalham com produtos femininos, por exemplo.

Símbolo: Ao escolher o símbolo certo, é importante considerar o tipo de símbolo que é apropriado para o seu negócio. Os símbolos podem ser utilizados por si próprios como uma versão mais simples do seu logótipo, ou podem ser utilizados em conjunto com o seu logótipo. Podem também ser utilizados para construir ligações entre a sua marca e as ideias e valores por detrás dela.

 

3. Memorável

Quando estiver a conceber um logótipo, lembre-se que é o ativo mais importante da sua empresa. Quer que ele cause uma forte primeira impressão. O objetivo de um logótipo é criar uma ligação com um consumidor e gerar interesse na sua marca.

Quando os consumidores se lembram facilmente do seu logótipo e da sua marca, é mais provável que os relacionem com a sua empresa. Ao criar um logótipo memorável, deve encontrar o equilíbrio certo entre os aspetos visuais e textuais.

Deve também transmitir de forma clara e coesa a personalidade e o tom da sua marca. Isto é verdade para qualquer logótipo. Um logótipo memorável deve sempre esforçar-se por ser único.

4. Eterno

É sempre tentador criar um logótipo que incorpora as tendências e modas atuais, mas nem sempre é a melhor decisão. Em vez disso, o seu logótipo deve permanecer relevante e eficaz ao longo dos anos. O design do logotipo é sobre a qualidade das ideias, não sobre a quantidade.

Deve eliminar muitos dos elementos desnecessários e ideias malucas, e concentrar-se exclusivamente nas ideias e valores centrais da sua marca para descobrir a forma mais eficaz de os transmitir sem desordens desnecessárias.

5. Versatilidade

Por fim, o logótipo deverá ser aplicado e usado de várias maneiras, não perdendo nunca a sua imagem e identidade. Um logótipo que pode ser redimensionado, impresso ou colocado em diferentes suportes é um bom logótipo, uma vez que pode ser utilizado de muitas formas diferentes.

O desenho de um logótipo deve ser simples e elegante, ao mesmo tempo que mantém a desordem no mínimo. Evite ter demasiados elementos, ou cores, o que tornará o seu logótipo difícil de escalar.

 

Bons logótipos são fáceis de conceber quando se foca nas qualidades que os tornam eficazes. Ao concentrar-se nos atributos que os tornam intemporais e versáteis, pode lançar uma base sólida para a construção da sua marca.

A sua simplificação também ajudará a torná-la mais memorável para o seu público, assegurando assim que a sua conceção seja mais relevante.

Tem uma ideia em mente para o logotipo da sua marca? Gostava de inovar na imagem do seu negócio? 

Tags: